CULTURA E CIDADANIA – A doce revolução virá pelos resistentes da educação e da cultura. Por Paulo Nailson

.
.

Entre os vários países da Europa em crise, Portugal é um dos que mais sofre. Ontem manifestantes foram às ruas para lançar um manifesto “Contra a Crise – Compromisso com a Ciência, Artes e Cultura em Portugal,” um documento que foi já assinado por mais quase duzentos intelectuais, artistas ou cientistas, e que a partir de hoje vai ser disponibilizado para toda sociedade de lá via internet.

Crédito da foto: site www.publico.pt

Crédito da foto: site http://www.publico.pt

“Julgados pelo nosso silêncio”

Em Portugal, que vive mergulhado numa crise, artistas se unem para ajudar a nação a superar este momento difícil sugerindo a “saída” por vias culturais.
O movimento tem personagens protagonistas, que fizeram um ato público ontem manifestando suas opiniões e anseios.

Segundo a escritora Teolinda Gersão “o poder político tem governado em sintonia com o poder econômico, para uma minoria”, disse, reforçando que uma transformação só acontecerá com mudança de mentalidades, onde o primado da economia possa ser substituído pela cultura.

“A ciência é também uma forma de cultura”, aponta Carlos Fiolhais que entre os dois universos existem mais pontos de contacto do que o senso comum tende a pensar e destacando que “o esforço científico” tem essa faculdade de “iluminar o mundo”, acabando por citar o filósofo Sócrates: “Uma vida sem ciência é uma espécie de morte”.

O cantor Pedro Abrunhosa foi taxativo: “Portugal só se afirmará economicamente se antes se afirmar culturalmente”. Ou seja, a identidade cultural é determinante na afirmação do mundo actual.

Depois disse que todos éramos culpados de passividade e exortou à rebelião: “Seremos julgados pelo nosso silêncio se não o fizermos”.

Viriato Soromenho-Marques foi mais longe e abrangente, segundo ele o que se tem é o despotismo dos mercados e das instituições. “Uma Europa monstruosa”, nas suas palavras. Uma Europa que corre riscos de autodestruição, se a marcha não for interrompida. “A cultura da crise é cega. Devora as pessoas. E o ambiente”, disse.
A única possibilidade é opor uma “cultura da resistência”, concordam todos manifestantes.

DE LÁ PRA CÁ

A riqueza cultural que desfrutamos é inquestionável. Isso não só se referindo ao Brasil ou ao nordeste, mas principalmente nosso estado, pernambuco e mais ainda Caruaru. Através da arte seja lá ela qual for, desde que arte realmente seja e seja executada por quem a domina, o que é comunicado pode erguer uma nação ou, caso contrário, quando o que predomina é o que poderíamos denominar “lixo cultural’ a nação declina.

A arte enquanto objeto de educação ou reeducação pode muito. Quando seu caráter é educativo e provocativo possibilita uma mudança social.

Em 25 de julho de 1938, foi redigido na Cidade do México, após longas discussões, por André Breton e Leon Trotski, o manifesto “Por uma Arte Revolucionária Independente”. Nesse manifesto, o surrealista, irracionalista e místico Breton une-se ao materialista comunista Trotski para afirmar e defender o caráter revolucionário da arte. Após estabelecer o fundamento subjetivista da arte, eles declaram:
Ronaldo Motta lembra em “O poder da arte” (montfort.org.br) que em 25 de julho de 1938, foi redigido na Cidade do México, após longas discussões, por André Breton e Leon Trotski, o manifesto “Por uma Arte Revolucionária Independente”. Nesse manifesto, o surrealista, irracionalista e místico Breton une-se ao materialista comunista Trotski para afirmar e defender o caráter revolucionário da arte. Após estabelecer o fundamento subjetivista da arte, eles declaram: “Não, nós temos um conceito muito elevado da função da arte para negar sua influência sobre o destino da sociedade. Consideramos que a tarefa suprema da arte em nossa época é participar consciente e ativamente da preparação da revolução.”

Que venha então essa doce revolução através dos educadores que tanto quanto os artistas sofrem por amar demais o que são e o que fazem, e bendito seja todos que ainda conseguem forças para lutar e resistir mesmo com tantos ventos contrários.

POLO CULTURAL DA ESTAÇÃO FERROVIÁRIA

A Fundação de Cultura e Turismo, através da Diretoria de Ações Culturais, divulga a agenda de fevereiro:

01 – Riany – Casa dos Artistas

06 – Fábio Duarte – Coreto

07 – Almério – Casa dos Artistas

08 – Boi Tira Teima – Palco da Estação

13 – Kléber Lemos – Coreto

14 – Romero Pernambuco – Casa dos Artistas

15 – Rubinho e o Grupo Cambuca – Palco da Estação

20 – Jucelio Vilela – Coreto

21 – Gatinho – Casa dos Artistas

22 – Domingos Acioly – Palco da Estação

27 – Didi Caruaru – Coreto

28 – Boi Tira Teima – Casa dos Artistas

VAMOS REFLETIR JUNTOS:

“Pensamos… refletimos… escrevemos e por fim publicamos. A partir desse momento não sabemos mais o que acontecerá com nossas palavras, porque seremos lidos por toda sorte de gente, amigos e inimigos; céticos e incrédulos; ateus e religiosos; defensores e ofensores; concordantes e discordantes; inteligentes e mentecaptos; sofreremos críticas negativas e positivas. Mas isso é necessário para que a razão que acaso exista em nosso escrito encontre uma mente adequada, receptiva, sincrônica, que filtrará o que escrevemos e dará algum sentido à nossa busca por um leitor atento e imparcial, mesmo que esse leitor seja nós mesmos.” (Sérgio Lopes, cantor e poeta cristão)

– Para ler mais assuntos já publicados na Cultura e Cidadania clique AQUI e acesse a página da Coluna.
………………………………………………………………………………………………………………………………………………………
*Paulo Nailson escreve no Jornal de Caruaru a coluna Cultura e Cidadania e no blog Política de AaZ. É responsável pelo blog presentiaonline. Atua na Cultura e no meio político. Informações para este espaço: paulo_nailson@hotmail.com

por Jornal de Caruaru

Conselheiro do TCE avalia positivamente aterro sanitário de Caruaru

.
.

Na tarde de hoje (30), o prefeito José Queiroz; o conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Ranílson Ramos; e técnicos da Prefeitura e do TCE estiveram no aterro sanitário de Caruaru para analisar a nova área e as melhorias já realizadas no equipamento.

José Queriroz no aterro sanitário com conselheiro do TCE.  A Foto é de Rafael Lima-PMC

Para Ranílson, após a última visita do TCE, em junho de 2013, as melhorias recomendadas foram cumpridas e tornaram o equipamento ainda mais eficiente.

“Inicialmente, encontramos alguns problemas pontuais e recomendamos alterações, o que foi cumprido pela Prefeitura de Caruaru. Nós trabalhamos em parceria com a Prefeitura e, aqui, temos uma grande obra de engenharia ambiental. Não encontramos outro equipamento deste porte no Estado”, afirmou o conselheiro.

De acordo com o prefeito José Queiroz, a nova área foi uma medida emergencial, mas um novo aterro já está sendo projetado. “A nova área dará uma sobrevida de 4 anos ao equipamento, o que nós proporciona tempo para prepararmos uma nova área, que atenderá à crescente demanda da cidade”.

A área inicial destinada ao aterro foi encerrada e o local será replantado, recuperando a vegetação.

por Jornal de Caruaru

Artigo – O atual circo de horrores éticos e morais que alguns vereadores da nossa cidade tem promovido – Por José Urbano.

.
.

Alicerçado na experiência de 23 anos em administração pública nos níveis federal e municipal, sendo 18 deles adquiridos na gestão dos últimos 3 prefeitos eleitos em Caruaru, tenho um misto de indignação, revolta e choque de moralidade quando leio ou escuto sobre o atual circo de horrores éticos e morais que alguns vereadores da nossa cidade tem promovido e que hoje somos conhecedores.
José Urbano

Valiosos formadores de opiniões já depositaram seus vários artigos nos diversos blogs e colunas jornalísticas da nossa cidade, e na condição de aluno social, gostaria de deixar minha singela colaboração também.

Para mim não é surpresa tudo o que estamos assistindo, pois já vi repetidas vezes posturas de pessoas que exerceram cargos em Caruaru e que não estavam nem de longe a altura do que essas funções merecem. Talvez a maior diferença histórica esteja na ampla e fortalecida imprensa que temos em Caruaru, seus jovens e ousados profissionais, em parceria com novos membros do poder Judiciário e policiais, dispostos a serem os guardiões da sociedade e nossos interesses coletivos.

essa lama produzida por alguns vereadores e jogadas na cara da população e na história de Caruaru vem na esteira da imoralidade pré eleitoral praticada dentro dos partidos que se tornaram antros de condutas nefastas de “prostituição ideológica” onde prevalece a cultura do “se dar bem a todo custo, às custas do dinheiro do povo”, acolhendo semi-analfabetos morais e culturais, populistas, hipócritas, assistencialistas baratos que se travestem de bajuladores de plantão, e pela ilegais vias da compra de votos, os mesmos chegam a ocupar os espaços do Legislativo municipal para legislar em causa própria, optando pelo roubo às claras do tesouro municipal.

Recentemente a imprensa nos mostrou o patético, ridículo e teatral comportamento de um vereador no plenário da Câmara esbravejando, esmurrando cadeiras e com dedo em riste na cara de outro parlamentar, se passando por impositor da moralidade, sendo ele mesmo um dos líderes da corrupção, conforme divulgado pela imprensa nas apurações policiais. Anteriormente, um outro membro dedilhava violão na tribuna, enquanto o seu colega ensaiava passos as vistas do presidente – completamente omisso a essa falta de decoro – daquele órgão. O que essas pessoas entendem sobre ética, moralidade, missão da representação pública, marketing pessoal, ou o tão falado e desgastado termo decoro parlamentar?

São esses mesmos – descobertos pelas investigações e retiradas as máscaras -que agora mostram as práticas corruptas do que ocorreu nos corredores e no refúgio dos gabinetes. Também eles estampam as manchetes das páginas policiais de Pernambuco e do Brasil. A meu ver, diariamente aumenta o anseio popular para a imediata aplicação da Lei e seus efeitos práticos a partir das provas, o que conduzirá invariavelmente a expulsão desses elementos da vida pública. Não se trata de pré julgamento, mas sim da necessidade de uma faxina ética e moral na política de Caruaru. Os membros da quadrilha não tem a moral como suporte ético indispensável para a administração pública. Os ratos antigos que contaminaram alguns novatos nos levantam outra dúvida: serão novas essas práticas ou já era um modelo por eles criado?

Que pese a mão Justiça sobre os mesmos delinquentes políticos, que os esforços dos membros do Judiciário, Polícia e Imprensa sejam somados e resultem na limpeza moral que nossa política precisa, e o nosso povo deseja, gosta e exige de fato e de direito.

Avante Caruaru, sua gente e sua força estão acima desse desmerecido momento, porém oportuno para uma faxina ampla, geral e irrestrita. O silêncio do bem favorece a propagação do mal, por isso não iremos – nem podemos – calar.

Prof. José Urbano

por Jornal de Caruaru

Documento oficializa doação de terreno para APAE de Caruaru

.
.

Foi assinado, hoje pela manhã, pelo prefeito José Queiroz, o documento de doação do terreno para a construção da Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE).

Documento oficializa doação de terreno para APAE de Caruaru. A foto é de Johny Pequeno.

Documento oficializa doação de terreno para APAE de Caruaru. A foto é de Johny Pequeno.

A ação é uma parceria entre o Executivo e Legislativo, uma vez que o requerimento havia sido apresentado pelo vereador Ricardo Liberato (PSC) em maio do ano passado.
O parlamentar se diz satisfeito. “Essa parceria é primordial para o desenvolvimento da cidade. Primeiro, atendendo a solicitação da população, levei o requerimento até à Câmara de Vereadores. Em seguida, ele foi aprovado no plenário. Depois, o prefeito, vendo a importância da doação, decidiu oficializar”, disse Ricardo Liberato.

Na prática o projeto prevê a a construção da instituição filantrópica nas proximidades do Caruaru Park Hotel. Trata-se de uma unidade de assistência às famílias que necessitam de atendimento especializado para suas crianças.

“É importante para Caruaru uma instituição assim, pois a APAE possui missão de defender o direito das pessoas com deficiência intelectual/ múltipla e presta serviço para este público, além de ser uma entidade que presta, neste sentido, atendimento mais especializado”, frisou Liberato.

por Jornal de Caruaru

Mais de 400 motos estão apreendidas no depósito da Destra

.
.

Resultado das constantes fiscalizações da Destra na cidade, atualmente o depósito de automóveis da Autarquia de Defesa Social, Trânsito e Transportes, conta com aproximadamente 420 motocicletas apreendidas em blitzes.

DESTRA motos presas

Os recolhimentos são realizados por guincho, e cabe ao proprietário o pagamento do transporte e da diária pela permanência do veículo no depósito. A devolução ao proprietário só acontece após a regularização do veículo. A foto é de Rafael Lima/PMC

por Jornal de Caruaru

Nota pelo Dia Nacional da Visibilidade Trans

.
.

A Secretaria Especial da Mulher e de Direitos Humanos da Prefeitura Municipal de Caruaru cumprimenta a toda população travesti e transexual de Caruaru pela data símbolo da luta pelos direitos humanos do segmento Trans e pela visibilidade necessária que tem na indiferença da sociedade seu maior desafio. Ontem (29), foi comemorado o Dia Nacional da Visibilidade Trans.
Associação GLBT avisa que é hoje, a 6ª Parada Gay de Caruaru - PE

A Secretaria Especial da Mulher e de Direitos Humanos reafirma e ratifica seu compromisso com a construção de uma cidade livre de preconceitos e discriminações de várias ordens e origens, promovendo atividades e ações para a população de travestis e transexuais que ocorrerão nesta semana e em outros momentos do calendário anual. Acompanhe nossa agenda e participe.

por Jornal de Caruaru

Vereadores de Caruaru teriam pago por assinaturas para abrir CPI.

.
.

O delegado Erich Lessa relatou a fuga do vereador Val. “Ele se embrenhou no mato e os policiais não conseguiram capturar”, disse. Populares também teriam danificado o veículo do vereador após descobrirem do que se tratava.

Erick Lessa delegado

O delegado da Polícia Civil Erick Lessa concedeu entrevista coletiva, na manhã desta quinta-feira (30), na sede da Delegacia Regional em Caruaru, no Agreste do Estado, em que divulgou detalhes sobre a Operação Ponto Final 2. A ação foi deflagrada na tarde dessa quarta-feira (29) após a 4ª Vara Criminal do município ter expedido mandados de prisão contra os vereadores Evandro Silva (PMDB), Val das Rendeiras e Jadiel Nascimento (ambos do PROS), Neto (PMN) e Val (DEM).

De acordo com o delegado, os vereadores são investigados por suspeita de corrupção ativa, passiva e organização criminosa. Segundo Lessa, Evandro Silva, Neto e Val teriam pagado aos vereadores Val das Rendeiras e Jadiel Nascimento para que eles assinassem o requerimento para abertura da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que iria investigar possíveis irregularidades apontadas em relatório da Controladoria-Geral da União (CGU). O delegado disse ainda que os vereadores pretendiam, posteriormente, barganhar junto ao Executivo o arquivamento da CPI.

A Operação Ponto Final 2 contou com a participação de 30 policiais civis e todo o processo de investigação, segundo o delegado Erick Lessa, foi iniciado em setembro do ano passado para apurar denúncias de “compra e venda de assinaturas para abertura de CPI”. Lessa ainda afirmou que apesar dos vereadores Neto, Val e Jadiel Nascimento estarem foragidos, os advogados deles já tomaram conhecimento do inquérito policial.

Outros detalhes sobre a ação o delegado disse que só poderiam ser esclarecidos após o final da investigação. “Algumas dúvidas podem não ser esclarecidas hoje porque ainda temos 10 dias para concluir o inquérito”, declarou Lessa.

O relatório da CGU aponta superfaturamento na aquisição de itens da merenda escolar, desvio de finalidade no empenho de verbas públicas e licitação dirigida na Prefeitura de Caruaru. O maior prejuízo está nos contratos firmados com o Ministério da Educação (MEC). O documento foi tema de uma série de reportagens publicada ano passado pelo Jornal do Commercio.

por Jornal de Caruaru

Quinto Filho, recém nascido, de Eduardo Campos tem Síndrome de Donw

.
.

Às 17h55 de hoje o governador Eduardo Campos postou em sua página do Facebook que o seu quinto filho, Miguel, nascido ontem à tarde, tem Síndrome de Donw.

Eduardo campos com o filho que tem Síndrome de Donw

Apresentando uma foto onde aparece carregando e beijando o bebê e familiares e amigos por trás sorrindo, o socialista escreveu: “Obrigado a todos que nos mandaram tantas lindas mensagens pela chegada do nosso Miguel. Hoje, os médicos confirmaram o que já estava pré-diagnosticado há algum tempo. Miguel, entre outras características que o fazem muito especial, chegou com a Síndrome de Down. Seja bem-vindo, querido Miguel. Como disse seu irmão, você chegou na família certa! Agora, todos nós vamos crescer com muito amor, sempre ao seu lado.

, Renata, João, Maria Eduarda, Pedro e José.”

Miguel nasceu às 15h05 de ontem medindo 51,5 cm e pesando 3,455 quilos. O bebê recebeu o nome em homenagem ao bisavô e ex-governador Miguel Arraes. O nascimento estava previsto para o dia 8 de fevereiro, foi antecipado, e a primeira-dama Renata Campos, 46, deu entrada no Hospital Santa Joana às 11h acompanhada de Eduardo e dos outros quatro filhos.

Também pelo Pelo Facebook o governador havia comentado ontem: “É um menino forte e saudável, nasceu cercado por carinho, felicidade e muito amor. Tem o nome do bisavô e de São Miguel Arcanjo. Seu significado em hebraico (“Quem será como Deus?”), lembra da nossa humildade diante do Senhor”. Assim como aconteceu com seus outros filhos, o parto foi normal e as informações da assessoria são de que a mãe e o bebê passam bem.

por Jornal de Caruaru

Sobre os 10 vereadores afastados quererem voltar à Câmara de Caruaru perguntamos: Nós somos palhaços?

.
.

Os últimos acontecimentos do desenrolar da “novela” chamada Operação ponto Final, que já está em sua segunda parte, nos faz refletir o porque dos 10 vereadores lutarem contra a população para voltar a assumir suas funções legislativas.
palhaço

Estão querendo desdenhar da população de Caruaru? será que eles não tem noção que não são mais queridos na Câmara de Caruaru?

Porque lutar tanto para reaver seus mandatos, que não mais lhes pertencem, pois o povo que os elegeu não aceita mais a volta deles?

Seria tão difícil para eles aceitar que o melhor caminho seria a renúncia e deixar que a Casa do Povo volte a paz necessária aos trabalhos legislativos?

Porque será que eles insistem tanto em nos fazer de palhaços? o poder é tão doce assim? para que se lute com unhas e dentes para não perde-lo? Mesmo tendo que envergonhar a população que os elegeu e até suas famílias, com um escândalo em cima do outro?

Sinceramente, dá para dormir com uma bronca dessas?

por Jornal de Caruaru

O que mais se esperar dos vereadores de Caruaru? – Por Maurício Costa Romão

.
.

Não deixa de ser estarrecedora a matéria de hoje do JC (29/01), assinada por Pedro Romero, que trata de ação coletiva da edilidade caruaruense, reivindicando na Vara da Fazenda Pública o direito ao aumento de subsídios (de CR$ 9 mil para CR$ 12 mil) aprovado em 2012.

Maurício Costa Romão*

Maurício Costa Romão*

Uma desfaçatez, para dizer o mínimo.

Já havíamos alertado que o ato da Mesa Diretora da Câmara Municipal que fixou o aumento dos subsídios era flagrantemente ilegal porque foi votado no dia 11 de dezembro de 2012 e transformado em lei na sessão realizada no dia 22 do mesmo mês, portanto, depois das eleições municipais, contrariando o princípio da anterioridade estabelecido na Emenda Constitucional nº 25, do ano 2000.

Embora a referida EC limite-se a rezar que a definição dos subsídios seja efetivada na legislatura antecedente, o entendimento posterior sobre o princípio da anterioridade é o de que o ato fixador de subsídios deva ser votado pelos vereadores antes das eleições municipais que definem a futura composição da Câmara.

O Superior Tribunal Federal (acórdão relatado pelo ministro Djaci Falcão) já manifestou entendimento de que a fixação de subsídios deve ser levada a efeito antes da eleição. Um trecho do referido acórdão não poderia ser mais claro: 

“(…) quando a lei fala em fixação de remuneração, em cada legislatura, para a subseqüente, necessariamente prevê que tal fixação se dê antes das eleições que renovem o corpo legislativo”. (grifo nosso).

Sendo votado em data anterior às eleições o ato seria, assim, revestido de moralidade, imparcialidade e impessoalidade, e não eivado de vícios de legislação em causa própria, conforme deixa explicito outro trecho do mencionado acórdão:

“Depois da eleição, já se saberá qual a futura composição do corpo legislativo e a fixação dos subsídios já não terá o mesmo aspecto de independência e imparcialidade que decorre de uma prévia fixação” (grifo nosso).

O referido aumento dos subsídios dos edis de Caruaru, por ter sido um ato extemporâneo, ilegal, nulo de pleno direito, causou, como se recorda à época, grande indignação na cidade e foi repercutido negativamente pela mídia no país afora.

Pois bem, justamente quando o legislativo do município volta á mídia nacional, de maneira ainda mais negativa, desta feita enfrentando graves denúncias de corrupção coletiva, esperava-se de suas excelências gestos e atitudes que sinalizassem para um processo de reversão de sua desgastada imagem.

Ledo engano! Suas excelências estão pouco se lixando para elevar o conceito do Parlamento e, o que é pior, não demonstram nenhum respeito pela população local, esmerando-se em agredi-la ainda mais.
—————————————————————-

Maurício Costa Romão, Ph.D. em economia, é consultor da Contexto Estratégias Política e Institucional, e do Instituto de Pesquisa Maurício de Nassau. mauricio-romao@uol.com.br

por Jornal de Caruaru

Após o vereador Evandro ter sido conduzido à delegacia, aconteceu “debandada geral” dos outros.

.
.

Logo após a divulgação da Operação Ponto Final 2, com as prisões de Evandro Silva e Val das Rendeiras, vereadores indiciados na Operação Ponto Final 1, deixaram Caruaru com medo de serem presos novamente.

vereadores presos

Foram convocados para prestar depoimento à Polícia Civil, na desta quarta-feira (29), em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, os vereadores Evandro Silva (PMDB) e Val das Rendeiras (Pros). Eles estão entre os 10 parlamentares investigados na Operação Ponto Final.

Os legisladores prestam depoimento ao delegado Erick Lessa, responsável pelas investigações da operação, na sede da Gerência de Polícia do Agreste I (GPA-I), no bairro Indianópolis. A assessoria da Polícia Civil ainda não divulgou o motivo do procedimento e também não confirma se eles serão presos.

Além de Val das Rendeiras e Evandro Silva, que já estão na delegacia, os vereadores Neto, Val do DEM e Jadiel também são alvos da Operação Ponto Final 2.

por Jornal de Caruaru

Parque dos Arcos convida para Missa in Memoriam

.
.

Ato cristão em homenagem aos falecidos de janeiro de 2014 será realizado no próximo domingo (2)

 Templo Ecumênico - Foto de Antônio Preggo

Templo Ecumênico – Foto de Antônio Preggo

O Cemitério Parque dos Arcos convida a todos os cristãos para a Missa In Memoriam, que será realizada no próximo domingo (2), a partir das 9h30, no Templo Ecumênico. A celebração ficará por conta do padre Edmilson. Os homenageados desta vez serão os falecidos do mês de janeiro de 2014.

O momento de fé e orações é vivenciado todos os primeiros domingos de cada mês e já faz parte do calendário do Parque dos Arcos. A Missa in Memoriam é preparada cuidadosamente em respeito às memórias dos entes queridos e reúne familiares, amigos e fiéis que queiram participar deste ato de fé, orações e reflexão.

Falecidos de meses e anos anteriores também podem ser homenageados, desde que um familiar entre em contato com a administração do Parque dos Arcos, antes da missa, e solicite a inclusão do nome do falecido na lista dos homenageados.

Estrutura

O Cemitério Parque dos Arcos conta com uma completa estrutura:

-Estacionamento;

-Cinco velórios;

-Floricultura;

-Lanchonete;

-Máquinas de lanche e café expresso;

-Templo Ecumênico;

-Velário;

-Praça com sonorização

-Monitorização por sistema de câmeras e segurança 24 horas;

-Abrigo coberto na parada de ônibus (localizada na entrada do cemitério).

Outras informações pelo telefone 3723-1888.

por Jornal de Caruaru

Prefeito José Queiroz visita obra do Parque Ecológico do São Francisco

.
.

Ontem,(28), o prefeito de Caruaru, José Queiroz, visitou a obra do Parque Ecológico do bairro São Francisco.

José Queiroz com doutor tico

O novo espaço contará com área de 5 hectares e será mais um espaço de lazer para a população. “Quero continuar construindo espaços de área verde e de lazer em Caruaru. A população ganha mais qualidade de vida”, enfatizou Queiroz.

por Jornal de Caruaru

Marcelo Gomes leva secretário de Educação para zona rural

.
.

Melhorias na Escola Presidente Kennedy serão discutidas em encontro coma população.

WELSON COSTA

WELSON COSTA

Nesta quarta-feira (29), o vereador Marcelo Gomes (PSB) intermediará uma reunião entre o secretário de Educação de Caruaru, Welson Costa, e os moradores do sítio Cipó, zona rural, para debater melhorias na Escola Municipal Presidente Kennedy.

O encontro acontecerá às 15h, na Associação dos Moradores e terá como foco a disponibilidade de um anexo para a unidade de ensino. Uma reivindicação discutida no Orçamento Participativo. A reunião acontecerá no mesmo dia em que os moradores se juntam para debater melhorias para a localidade, sempre na última quarta-feira do mês.

por Jornal de Caruaru

Severino Melo parabeniza os atendentes do Expresso Cidadão de Garanhuns.

.
.

Valho-me deste democrático espaço para parabenizar os atendentes do Expresso Cidadão de Garanhuns, mormente aqueles lotados no setor da Secretaria de Defesa Social, aos quais cumprimento através de seus colegas Claudiane Neves e Daniel Azevedo.

Prefeitura de Caruaru oferece orientação empresarial no Expresso Cidadão

No início desta semana acompanhei uma afilhada para solicitação de uma segunda via de cédula de identidade. Inicialmente, por telefone, fomos informados de tudo o que era necessário para poder darmos entrada na solicitação do documento e quando do atendimento presencial, a presteza foi tanta que em poucos minutos já estávamos liberados, após atendidos de forma mais do que satisfatória.

Oxalá que as demais repartições públicas adotem o “modus operandi” do Expresso Cidadão de Garanhuns como paradigma. Severino Melo – Caruaru / PE – smelo2006@gmail.com fone 99727818.

por Jornal de Caruaru

Coluna Bem-Estar – A relação entre o ser humano e a comida – Por Hellen Taynan.

.
.

Olá caríssimos leitores,

*Hellen Taynan

*Hellen Taynan

Com a matéria de hoje, dou uma pausa nos transtornos emocionais e inicio uma “nova temporada” que vai tratar de um assunto muito interessante: a relação entre o ser humano e a comida. O cronograma de postagens vai abranger uma introdução sobre o assunto, ainda um pouco ligada à saúde mental, pois como vamos ver, desequilíbrios alimentares estão ligados a problemas e traumas que levam a um comportamento compulsivo; após essa introdução, pretendo abordar fatos sobre minha experiência expondo a vocês como eu saí dos 56kg para 105kg em poucos anos e o processo cirúrgico ao qual me submeti para eliminar 35kg e manter o peso há 3 anos! Fiquem atentos, pois este cronograma também vai abordar as dietas da moda e mostrar o que elas prometem e o que cumprem (ou se cumprem) na realidade.

Assim, convido vocês a passearem junto comigo, me conhecendo um pouco mais e aprendendo com minha experiência! Não deixe de expressar sua opinião, pois é muito importante para mim, saber como repercute na vida de vocês aquilo que eu escrevo aqui.

Transtornos Alimentares

transtorno alimentar

Qualquer comportamento alimentar que foge aos padrões da normalidade, seja pra mais ou pra menos, é designado como um transtorno, uma patologia que possui inclusive descrição no CID 10 e como toda doença, quando diagnosticada no início, tem ótimos prognósticos. As pesquisas iniciais mostravam que este tipo de transtorno estava presente, em quase totalidade, na vida de mulheres, geralmente na adolescência ou início da fase adulta; hoje temos um número cada vez maior de crianças e adultos de ambos os sexos desenvolvendo problemas com a alimentação. Esse comportamento inadequado provém geralmente de uma disfunção emocional e, não preciso repetir o quão pressionados somos hoje em dia por uma perfeição inatingível, uma postura exemplar e bem sucedida, o que acaba explodindo de alguma forma.

Quando se fala de transtorno alimentar, logo vem à mente anorexia x bulimia. A anorexia é uma preocupação excessiva e uma obsessão extrema pela eliminação de massa. Geralmente os anoréxicos combinam gastos calóricos absurdos através de atividades físicas e ingerem cada vez menos alimentos; por mais magros que estejam, não conseguem se ver assim e continuam buscando emagrecer cada vez mais, não sendo raro a combinação de laxantes e diuréticos para eliminar qualquer resíduo que o corpo produza. O resultado disso é a desidratação, desnutrição e morte. Karen Carpenter, vocalista do grupo The Carpenters, foi vítima fatal da anorexia em 1983 e tantos outros anônimos morrem a cada dia da mesma forma porque não têm conhecimento, apoio e ajuda de profissionais e familiares.

Na bulimia, temos um comportamento semelhante na obsessão pela perda de peso, porém é uma resposta à uma ação: aqui se processa o Transtorno obsessivo-compulsivo onde o indivíduo tem um comportamento compulsivo diante da comida, ingerindo uma quantidade além do convencional e após reconhecer o “desvio”, tenta corrigir ao seu modo, forçando vômito em 90% dos casos ou fazendo uso de laxantes, cafeína, cocaína e/ou dietas excessivamente restritivas.

Um indivíduo pode desenvolver um transtorno alimentar ainda enquanto bebê. Foi o que aconteceu comigo, por exemplo. Mas, teria um bebê razões de estresse ou grandes disfunções emocionais a ponto de desenvolver um transtorno dessa magnitude? Bom, precisamos entender que os acontecimentos do meio para o interior, são, na maioria dos casos, os principais responsáveis, mas não são os únicos. A genética, sempre ela, também atua nesta questão. Uma mãe com comportamentos compulsivos, tender a ter filhos compulsivos; diabetes gestacional também influencia essa disfunção.

Minha experiência: o início

Minha mãe conta que desde bebê, eu sofria de disfunção alimentar. Eu chorava por comida, comia, chorava mais, comia mais e assim eu ia até regurgitar, pois não cabia mais nada em meu estômago, mesmo assim eu comia e comia e comia… Então eu fui crescendo (e comendo) e sempre tive tendência a engordar. Fui uma criança gordinha e entrei na adolescência sofrendo bullying (que há 15 anos não se falava). Nunca gostei de esportes coletivos e para completar, sempre tive o humor depressivo, uma sensibilidade à flor da pele e constantes variações de humor. Mas eu dançava! E dos 15 aos 18 anos, estava no auge de fazer tudo o que eu mais gostava: eu dançava, fazia teatro, estudava música, dirigia grupos artísticos em Caruaru e pesava 56kg em 1,62m. Então, sem me ater aos fatos, eu comecei a engordar e foi um efeito cascata de modo que a expressão montou-se da seguinte forma: a depressão disparou o gatilho da compulsão e eu comia compulsivamente, engordava rapidamente, tinha mais depressão e parava com as atividades que me davam prazer e cada vez mais só encontrava prazer na comida, muita comida que terminava com o vômito por excesso. 56, 60, 70, 80, 90, 100… 105kg! Todo esse peso e eu me sentindo muito mal; autoestima já não existia e prazer mesmo, só em comer; fisicamente, já sentia o peso (literalmente) de minha forma física e meus joelhos doíam, não conseguia mais pisar firme no chão, pois meu calcanhar doía, costas doíam… Era como se eu já não suportasse meu próprio corpo. Alguns problemas como intolerância à glicose (início de diabetes tipo 2), esteatose hepática acentuadíssima (gordura no fígado), colesterol gritando alto, paradas respiratórias durante o sono, ronco, sudorese em excesso, preconceito, tristeza constante e raiva de mim mesma acompanhavam minha vida. A comida dava prazer, mas ao mesmo tempo servia de autopunição e eu sei que muitos enfrentam problemas semelhantes.

As dietas que tentei neste período e como consegui pôr fim à obesidade irei detalhar nas próximas matérias.

Saiba mais:

Além da bulimia, anorexia e transtorno compulsivo por alimentos, existe uma série de outros distúrbios alimentares além de mais 1/3 de disfunções não identificadas. As que conhecemos hoje são :

Hipergafia – aumento do consumo de alimentos em decorrência de um trauma.

Ortorexia – comum em países desenvolvidos, consiste na obsessão por alimentos saudáveis, excluindo outros indispensáveis.

Pica – comum em grávidas e crianças que obedecem ao impulso de comer o que dá vontade, independente dos seus danos.

Sindrome de Prader-Willi – distúrbio genético e incurável ligado à necessidade involuntária de comer constantemente. Alguns antidepressivos têm reduzido os efeitos dos danos.

Transtorno da compulsão alimentar periódica (TCAP) – compulsão por comer característica da bulimia, porém sem o uso de métodos extremos de perda de peso. Afeta cerca de 30% dos obesos.

Transtorno de ruminação – frequente em crianças pequenas, caracteriza-se pela regurgitação ou remastigação repetida que não podem ser explicados por nenhuma condição médica.

Vigorexia – obsessão por um corpo musculoso e atraente, quase sempre em homens. Envolve um treinamento muscular obsessivo e alimentação voltada para a manutenção desse corpo com uso frequente de anabolizantes.

Dicas:

Cuide-se hoje porque prevenir sempre foi mais simples que tratar. Se você sofre de algum distúrbio e não consegue lutar sozinho, saiba que o acompanhamento para tratar de disfunções alimentares é multidisciplinar e envolve médico, nutricionista e psicólogo. Eu estou disposta a conversar com você e tirar suas dúvidas ou dar uma orientação, baseada em minhas experiências, sobre o melhor caminho a ser seguido. Felizmente hoje, problemas como estes estão sendo mais valorizados e muitos profissionais estão buscando especializar-se no apoio a pessoas que sofrem destes transtornos. No mais, lembre-se que tudo precisa ser dosado, pois até mesmo a perseguição por hábitos de vida saudáveis, podem se tornar doentios. O equilíbrio entre o que dá prazer e o que é saudável sempre será a melhor alternativa.
Para ler mais assuntos da Coluna Bem-Estar, com a Hellen Taynan, clique AQUI>>>
……………………………………………………………………………………………………………………………

*Hellen Taynan: É Bacharel em Administração pela UFPE, pós-graduada em Administração e Marketing pelo Grupo Uninter. Psicanalista formada pelo Instituto Internacional de Psicoterapia e atualmente, graduanda de nutrição na UFPB. Escreve, às quartas, a Coluna Bem-Estar, no Jornal de Caruaru. Sugestões e pautas: hellentaynan@gmail.com

por Jornal de Caruaru

Deputados querem saber se você é a favor ou contra o fim do pagamento de salário ao bandido, quando ele vai preso.

.
.

Conforme a proposta, o auxilio será pago a família da vitima e não mais ao bandido preso. Para votar clique  na imagem abaixo.

clique_aqui

A Câmara dos Deputados promove nova enquete, a partir de hoje, para saber se os internautas são favoráveis ou contrários ao fim do pagamento do auxílio-reclusão e à criação de um benefício para as vítimas dos crimes.

Essa medida está prevista na Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 304/13, da deputada Antônia Lúcia (PSC-AC), que destina os recursos hoje usados para o pagamento do auxílio-reclusão à vítima do crime, quando sobreviver, ou para a família, no caso de morte.

O auxílio-reclusão é pago mensalmente para os dependentes no caso de trabalhadores que são presos em regime fechado ou semiaberto que vinham contribuindo de forma regular para a Previdência Social. O cálculo do auxílio-reclusão é feito com base na média dos salários-de-contribuição do trabalhador, e só é concedido quando esse salário for igual ou inferior a R$ 971,78, em atendimento ao preceito constitucional de assegurar o benefício apenas para quem tiver baixa renda.

Já o novo benefício, de acordo com o texto da PEC, deve ser pago à pessoa vítima de crime pelo período em que ela ficar afastada da atividade que garanta seu sustento. Em caso de morte, o benefício será convertido em pensão ao cônjuge ou companheiro e a dependentes da vítima, conforme regulamentação posterior. A proposta não permite a acumulação do benefício por pessoas que já estejam recebendo auxílio-doença, aposentadoria por invalidez ou pensão por morte.

A deputada Antônia Lúcia defende a aprovação do projeto, ressaltando que, hoje em dia, não há previsão de auxílio para vítimas de criminosos e suas famílias. Ela acredita que o fato de o criminoso saber que sua família não ficará ao total desamparo se ele for recolhido à prisão pode facilitar na decisão de cometer um crime. “Por outro lado, quando o crime implica sequelas à vítima, impedindo que desempenhe atividade que garante seu sustento, ela enfrenta hoje um total desamparo”, argumenta.

por Jornal de Caruaru