Secretaria de saúde prepara programação especial para semana do idoso.

,
,

Em comemoração ao dia do Idoso que acontece nesta terça-feira (1), a Secretaria de Saúde preparou uma programação especial para lembrar a data.

idosos casalDurante toda semana, atividades serão desenvolvidas na Policlínica do Idoso que fica localizada na Avenida Lorival José da Silva, 483, Petrópolis, mesmo prédio onde fica a Casa dos Pobres.

Esquetes teatrais sobre saúde do idoso serão encenadas pelo grupo de arte educadores da Secretaria de Saúde. O tema será sobre hipertensão e diabetes na terceira idade. Haverá também palestras com as fisioterapeutas Carmem Lúcia e Marcela Dayanne.

Na quarta e sexta-feira (2 e 4), será a vez da nutricionista Ana Bolena dar dicas sobre alimentação saudável. A Secretaria espera que mais de setenta idosos participem da programação que é gratuita.

por Jornal de Caruaru

Raquel Lyra destaca visão diferenciada da mulher na política

.
.

Representando as deputadas estaduais pernambucanas, Raquel Lyra ressaltou, na manhã desta segunda-feira (30), no encontro “Mulher, tome partido. Filie-se”, no Centro de Convenções, que é possível às mulheres entrarem na política, apesar de seus compromissos familiares.

RAQUEL MULHERES 2

“Administrar a vida pública e a família faz com que a mulher tenha um desdobramento maior. Muitas vezes são mães de família, que cuidam de crianças e idosos, mas, por isso mesmo, sabem exatamente os pontos que precisam ser fortalecidos, como investimentos em creches e escolas”, afirmou a deputada.

Raquel Lyra também lembrou que o mandato público permite à mulher ter voz e vez, que ela discuta de igual para igual o que é predominante e necessário para a população.

“Para que a gente possa aumentar nosso desenvolvimento com inclusão, precisamos ter a visão das mulheres na politica brasileira e, cada vez mais, homens sensibilizados com a causa das mulheres”, finalizou.

por Jornal de Caruaru

Parada Gay Rural de São Bento Una atrai maioria de curiosos

.
.

Na tarde desse domingo (29) aconteceu a primeira parada gay do povoado Gama, na zona rural de São Bento do Una, no Agreste de Pernambuco, atraindo maioria de curiosos simpatizantes e uma minoria de gays.

São Bento do Una parada Gay

O que se esperava era uma maior quantidade de gays, lésbicas, bissexuais e transexuais, mas a primeira parada gay rural do mundo atraiu mais os chamados “simpatizantes”, a quem diga que no meio deles havia os “escondidos no armário”.

O evento contou com presença da polícia militar, de um ponto de distribuição de camisinhas, aferição de pressão e medição de glicose com enfermeiras e uma ambulância, além de parque diversões e barracas de comidas e bebidas.

A próxima parada gay acontecerá no próximo mês em Belo Jardim, também no agreste, a data ainda não foi divulgada por organizadores.

por Jornal de Caruaru

Destaques da Coluna Severino Melo Escreve desta quarta.

.
.

Eis os Destaques da Coluna Severino Melo Escreve que irá ao ar na próxima quarta-feira, 02 de outubro.

severino melo escreve

* O Fundo Musical será uma página que divide opiniões;

* O Editorial tem como tema Força Destruidora… Mas não adianta pois sempre o bem prevalece;

* A Parábola da Semana versa sobre: Quem é o melhor no uso da espada?

* Na Galeria dos Grandes Brasileiros – Um Ator Sofrido, Digno da Homenagem;

* O Livro da Semana fala de Idealismo e de Corrupção;

* Chico Xavier Responde – Que Eu Jamais Esqueça…

* O Pensamento da Semana – Fala de Saúde, Dinheiro, Vida e Morte;

* No Comentário Político – Quando Um Voto Decidiu a Eleição…

* Até Quarta – Nas Linhas da Coluna.

severinomeloescreve@gmail.com

por Jornal de Caruaru

Curso de Toxina Botulínica (botox) para dentistas

.
.

A toxina botulínica, popularmente conhecida como botox, há algum tempo deixou de ser apenas um instrumento para amenizar rugas e marcas de expressão.

dentista

Atualmente, a substância vem ganhando espaço também nos consultórios dentários, para minorar dores e disfunções na mandíbula, além de deixar o sorriso mais bonito, sobretudo, quando a gengiva aparece mais do que deveria.

Com o objetivo de capacitar especialistas nordestinos para a aplicação dessa técnica, acontece na próxima sexta-feira (04) e sábado (05), o “Curso de Toxina Botulínica em Odontologia”, no Centro de Estudos e Assistência Odontológica (CEAO), localizado na Rua Emboabas, 79 – Santo Amaro.

No consultório dentário, a aplicação do botox tem sido bastante procurada para o tratamento de bruxismo, disfunção que afeta cerca de 30% dos brasileiros e se caracteriza pelo ranger de dentes durante o sono. O tratamento com o botox pode aliviar as dores decorrentes dessa prática, uma vez que consiste na infiltração da toxina em determinados pontos dos músculos que possuem papel importante na mastigação.

Além do bruxismo, a aplicação do botox também é usada no tratamento do sorriso gengival, dores musculares da face, etc. De acordo com a dentista e coordenadora do curso, Elisabeth Almeida, alguns pacientes, quando sorriem, apresentam um excesso de gengiva na parte superior da boca, que provoca o ressecamento da área. Com uma aplicação de botox, é possível solucionar o problema, evitando cirurgias. Basta aplicar a toxina nos músculos levantares do lábio superior. O resultado é um sorriso mais harmônico e espontâneo. “Com o uso da substância, é feito o relaxamento da musculatura perioral, ao redor da boca, o que faz com que diminua a expressão de estar com o sorriso mostrando excessivamente a gengiva”, explica a especialista.

O curso vai ser ministrado pela dentista Elisabeth Almeida e o dermatologista Thiago Gondim. Os interessados em participar podem se inscrever através dos números 3231-0031 /3423-9132 / 3221-1290. No final do curso será conferido certificado.

Serviço:

Curso de Toxina Botulínica em Odontologia

Dias: 04 e 05 de outubro

Local: no Centro de Estudos e Assistência Odontológica (CEAO), localizado na Rua Emboabas, 79 – Santo Amaro

Informações: 3231-0031 /3423-9132 / 3221-1290

por Jornal de Caruaru

Secretaria de Saúde reabre UTI da Casa de Saúde Bom Jesus

.
.

Sete leitos estarão disponíveis para pacientes graves.

.

casa de saúde UTIA Secretaria de Saúde de Caruaru reabre nesta segunda-feira (30) a UTI da Casa de Saúde Bom Jesus que passava por reestruturação desde o primeiro semestre deste ano. Novos equipamentos de alta tecnologia foram instalados para comportar sete leitos para pacientes graves.

A nova UTI conta com uma estrutura moderna, composta por cama fowler, capnógrafo, carro ressuscitador com monitor, desfibrilador, cardioversor e material para intubação endotraqueal.

Foram instalados também ventiladores pulmonares de alta tecnologia, oxímetro de pulso, bomba de infusão, nebulizadores com máscaras e um conjunto padronizado de beira de leito, contendo em cada cama um esfigmonômetro, estetoscópio e ambu com máscara.

De acordo com Salete Jordão, Coordenadora da Assistência Especializada, a UTI está habilitada pelo Ministério da Saúde como UTI Geral Adulto de Porte II, que se destina ao atendimento à pacientes graves de clínica geral que necessitam de assistência médica e de enfermagem ininterruptas. “Teremos uma equipe composta por cerca de dez profissionais, entre eles, médico diarista, médico plantonista, coordenador de enfermagem, enfermeiro plantonista, fisioterapeuta e técnicos de enfermagem.”, relata.

Jordão também enfatiza que a humanização também fez parte dessa nova fase. “Vamos garantir visitas diárias aos familiares, dentro dos horários estabelecidos pela rotina do serviço e também vamos dispor de informações constantes dos quadros evolutivos dos pacientes. É muito importante a aproximação da família nessas horas difíceis.”, explica.

por Jornal de Caruaru

Cultura e Cidadania: Política Pública de Cultura – Prioridades definidas.

.
.

Foram três dias de muita discussão, debate, resoluções e propostas que podem no futuro ajudar a todos os segmentos do universo cultural e artístico.
Cultura e Cidadania novo  painel

A III Conferência Estadual de Cultura reuniu mais de quinhentas pessoas em Gravatá, destes, 493 delegados de todas as regiões e segmentos artístico-culturais de Pernambuco. Artistas, gestores e militantes da cultura, que apontaram caminhos para o fortalecimento dos diversos setores artístico-culturais num processo de construção coletiva de políticas públicas.

Um conjunto de propostas para quatro eixos estratégicos: Implementação do Sistema Nacional de Cultura; Produção simbólica e diversidade cultural; Cultura e cidadania; e Cultura e desenvolvimento. De lá, foram eleitos para a etapa nacional foram eleitos para a etapa nacional 49 delegados.
cultura e cidadania 30-09-13

As propostas prioritárias foram:

Implementação do Sistema Nacional de Cultura – A adesão imediata de Pernambuco ao Sistema Nacional de Cultura, garantindo a democratização do Conselho Estadual de Cultura, com a representação dos segmentos culturais e das 12 RDs, assegurando a paridade (Estado e Sociedade) e a eleição dos representantes da sociedade civil pelos respectivos segmentos foi a proposta mais votada deste eixo.
Reformulação da lei do Funcultura; destinação de, no mínimo, 1,5% do orçamento estadual para a Cultura; e a instituição do Programa de Formação para qualificar os gestores públicos, produtores culturais, artistas e conselheiros de cultura nas 12 regiões também despontam como prioridades para a política pública no Estado.

Produção simbólica e diversidade cultural – A III Conferência Estadual de Cultura também definiu com política prioritária a proteção das manifestações culturais, dos conhecimentos e costumes dos povos e comunidades tradicionais de Pernambuco. Através de tombamentos, inventários e outras formas de salvaguarda, a ideia é fortalecer medidas de preservação do vasto patrimônio cultural pernambucano.
Resgate e manutenção das bandas filarmônicas; a realização de um programa continuado de intercâmbio; o percentual de 50% para as manifestações tradicionais nas programações dos ciclos culturais e ainda; a implantação de uma ampla política de comunicação para a cultura, incluindo ações de formação, foram outras prioridades elencadas pelos delegados.

Cultura e cidadania – No eixo de cultura e cidadania, a proposta de implantação de políticas que estimulem a criação de secretarias municipais de cultura foi aprovada como prioridade. Além da criação de circuitos culturais nas cidades históricas e territórios culturais em todas as regiões do estado.
A implantação de gerências regionais da Secult-PE/Fundarpe; a realização de concurso público; e a implantação de um programa de acessibilidade nos equipamentos culturais também são ações que devem ser priorizadas pelo poder público no Estado.

Cultura e Desenvolvimento – As discussões neste eixo resultaram na definição de diversas propostas que objetivam garantir o desenvolvimento de todos os setores artístico-culturais em todas as regiões, não apenas na Metropolitana.
Para isso, algumas ações como a construção de planos estratégicos dos festivais promovidos pelo estado com foco no desenvolvimento sustentável, que contemple artistas e empreendedores criativos locais; e a criação de um edital específico para festivais já consolidados foram definidas como prioritárias.

Entre as propostas aprovadas na plenária final e que devem ser consideraras prioridades da política de desenvolvimento cultural no estado, também figuram a implementação do eixo de cultura no Programa “Todos com a Nota” para todas as linguagens artístico-culturais; e a criação do prêmio Novos Talentos Criativos de Pernambuco, que reconheça também as iniciativas em cultura digital.

Acesse e conheça as propostas prioritárias:
(Link para Propostas http://www.fundarpe.pe.gov.br/propostas-prioritarias-aprovadas-na-3-conferencia-estadual-de-cultura)

DELEGADOS ELEITOS DE CARUARU PARA A NACIONAL

Cultura e  cidadania Delegação Caruaru

Em novembro, de 26 a 29, acontece a etapa nacional. De Caruaru foram eleitos Jô Barbosa, Alexandre NACAB e Humberto Botão.

A III Conferência Municipal de Cultura de Caruaru, ocorrida no início de agosto na FAFICA, teve 375 inscritos e destes, foram eleitos pela sociedade civil 19 delegados para a etapa estadual: Arary Marrocos (Teatro), Yanara Galvão (Audio Visual), Maria Alves (Teatro), Roberto Gersino (Cultura Popular), Jô Barbosa (Produção Cultural), Alexandre (NARCAB/Capoeira), Alano Torres (Produção Cultural), Jane Suely (Artesanato), Edson Bernardo (Artes Plásticas), Anderson do Pife (Músico), Geyson Magno (Artes Visuais/fotografia), Carla Reis (Artesanato), Sivonaldo da Silva (Música). Como observador Sérgio Santana.

Representantes do Governo: Djair Vasconcelos (Delegado nato, Diretor de Cultura do Município), Reginaldo Augusto (Fundação de Cultura e Turismo / Moda), Fábio Duarte (Feiras e Mercado / Música), Aristóteles Veloso (Secretaria da Mulher / Terreiros), Humberto Botão (Secretaria de Participação Social / Artes plásticas), Carlos Silva (Câmara Municipal de Caruaru / Literatura), Daniel Finizola (Secretaria de Participação social/Músico).

Da parte do governo foram ainda para Gravatá como observadores: Paulo Nailson (Fundação de Cultura e Turismo/SNC), Sivonaldo Nunes (Shivo/Secretaria de Participação Social/Artesão), Juliana Gouveia (Patrimônio da FUNDARPE/MUBAC). Contando com o motorista da delegação, Sérgio, que se credenciou como observador e participou ativamente de todo processo, a comitiva foi de 24 pessoas.

DOROTÉIA VAI À GUERRA

foto de Erivan Rodrigues.

foto de Erivan Rodrigues.

Mais uma temporada do espetáculo teatral “DOROTÉIA VAI À GUERRA”, pelo Grupo de Teatro Arte-em-Cena. As apresentações acontecerão nos dias 03, 04, 05 e 06 de outubro, sempre às 20h no Teatro Rui Limeira Rosal. Ingressos R$: 5,00 meia e R$: 10,00 inteira.

De Carlos Alberto Ratton, com direção de Gilberto Brito, cumpriu temporadas nas cidades de Caruaru, Arcoverde, Recife, Bom conselho, Cabo de Santo Agostinho, Garanhuns, e Palmares, em Pernambuco, e também nas cidades de Feira de Santana e São Gonçalo dos Campos BA, João Pessoa PB e São José do Rio Preto SP. DOROTÉIA VÁI À GUERRA, participou de vários Festivais Nacionais e recebeu 39 Prêmios nas diversas categorias.

A peça retrata cenas do cotidiano destas duas mulheres, presas a um passado, e sem nenhuma perspectiva de um futuro, vitimas de um destino atroz que as acorrenta para dentro de um mundo de loucura, de embates constantes de sobrevivências, da lei do mais forte. Uma relação conturbada por sentimentos contrários, de amor e ódio, ranços e mágoas, mas que as mantêm vivas apesar de não mais alimentarem nenhuma esperança. Vamos ainda falar sobre o elenco e mais detalhes do espetáculo amanhã.

PARA REFLETIR:

“Cultura é o sistema de ideias vivas que cada época possui. Melhor: o sistema de ideias das quais o tempo vive.” José Ortega y Gasset – Leia mais>>

Paulo Nailson é colaborador do Jornal de Caruaru, atua na Cultura e escreve diariamente a coluna CULTURA E CIDADANIA. Informações para este espaço:paulo_nailson@hotmail.com

por Jornal de Caruaru

Carlos Alexandre? Quem é esse?

.
.

Se perguntar em Caruaru quem é Carlos Alexandre o máximo que se pode ouvir como resposta é: não era aquele cantor de brega que morreu? Isso se for o pessoal da velha-guarda, que já passou dos 60 anos. Os mais jovens certamente vão dizer que nunca ouviram falar. Porém, esse nome desconhecido de uns dias para cá parece estar incomodando um formador (?) de opinião da cidade.

Carlos Alexandre

Carlos Alexandre

As redes sociais é um espaço democrático. Aliás, acho isso aqui a coisa mais mágica que existe, a verdadeira inclusão social. Pois, antes éramos obrigados a digerir aquilo que as grandes redes de comunicação do país, ou a grande, nos dava como alimento. Hoje não. A força das redes sociais trouxeram algumas mudanças tímidas mas que causaram certo calafrio em nossos políticos, a conferir o último mês de junho. E, como já citei em outros comentários e em rodas de conversa com amigos, tomara que não seja fogo de monturo, como dizia meu avô (in memória) seu Biró.

Mais todo esse “arrodeio” é para chamar atenção de um formador (?) de opinião. Que com certeza ele está lendo esse post, pois, nas outras indiretas que soltei, ele se esquivou não comentou, covardia? Talvez. Porém sempre quando o assunto é política e principalmente o governo petista da Dilma, que não tenho vergonha em defender, pois defendo aquilo que acredito. Não recebo salário, nem patrocínio de grupo político nenhum para bajular, muito menos puxar o saco. Hoje acredito que a PRESIDENTA é o melhor para nosso Brasil, assim como um dia acreditei ser candidatos filiados ao PSDB. E amanhã poderei mudar se assim achar conveniente, necessário. Pois, já dizia a letra do poeta Raul Seixas: Eu prefiro ser essa metamorfose ambulante, do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo.

Quem ler isso aqui pode acreditar que sou contrário ao debate político, mas não sou, muito pelo contrário, sempre que alguém diverge da minha opinião eu tento entender e claro explico com dados o porquê do meu alinhamento neste momento à esquerda. Aliás, dados é o que mais temos hoje graças aos meios de comunicação alternativos. Porém o que não aceito é a pessoa tentar desconstruir a opinião de uma outra pessoa de forma vulgar: com gracinhas, marcando outras pessoas que não tem nada haver com o assunto e compartilhamentos de seus posts com frases que tentam desqualificar a opinião alheia. Isso não pode, nunca fiz isso.

É no mínimo uma ATITUDE COVARDE, COISA DE MOLEQUE, NÃO DE UM FORMADOR DE OPINIÃO. Como disse antes, nunca fiz isso e nunca irei fazer. Meus pais são de origem humilde, assim como eu. Não sou detentor de influência na sociedade, muito menos um formador de opinião. Mas, sou um homem, e com H maiúsculo, você ainda, caro amigo, não me convenceu ser. Talvez, um dia eu mude de opinião sobre sua pessoa, mas no momento você é apenas uma pessoa que acha que é muita mais do que realmente é. Acorda.

Carlos Alexandre é funcionário público municipal e blogueiro.

por Jornal de Caruaru

Morre o ator Cláudio Cavalcanti

.
.

O ator e secretário municipal de Defesa dos Animais do Rio de Janeiro, Cláudio Cavalcanti, morreu no final da tarde deste domingo (29), informou o hospital Pró-cardíaco Botafogo, na zona sul da cidade.

ator Cláudio Cavalcanti

O ator estava internado desde segunda-feira. O hospital não revelou a causa da morte.

Cavalcanti era carioca, tinha 73 anos e fez mais de 50 novelas, minisséries e especiais. Nos últimos anos se dedicava mais à carreira política, tendo sido vereador e, mais recentemente, secretário do governo de Eduardo Paes.

De acordo com a Prefeitura do Rio, o secretário se internou na última segunda-feira para fazer uma cirurgia na coluna e sofreu “complicações cardíacas”.

por Jornal de Caruaru

Policiais Federais não descartam a possibilidade de deflagração de greve por tempo ilimitado

.
.

A categoria não descarta a possibilidade de deflagração de uma greve por tempo ilimitado

policia federalO presidente do Sindicato dos Policiais Federais de Pernambuco, Marcelo Pires, segue nesta segunda-feira (30) para a Capital Federal na intenção de aprofundar as discussões sobre os novos rumos da reestruturação de cargos e salários, além das temáticas que abordam a valorização da Categoria dos EPAs – Escrivães, Papiloscopistas e Agentes de Policia Federal. Os temas em pauta serão debatidos com os dirigentes dos Sindicatos da Polícia Federal – Conselho de Representantes – durante a próxima semana sob a regência da Fenapef.

Para Marcelo Pires, a programação é de fundamental necessidade para a Categoria que está em busca de uma maior autonomia. “Queremos a devida valorização, bem como o reconhecimento do trabalho dos Policiais Federais”, ressalta.

Na pauta está prevista a aplicação de novas estratégias de mobilizações a serem colocadas em prática em âmbito nacional, em cada um dos estados visando demonstrar a indignação da categoria dos EPAs diante do descaso do Governo Federal e da própria Direção Geral do órgão. Ante a pauta de negociações apresentadas pela Fenapef ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão e ao Ministério da Justiça ainda não há um consenso que tenha atendido aos anseios dos policiais federais que estão ha quase 4 anos negociando sem resultados objetivos, além de permanecerem sem qualquer reposição salarial desde fevereiro de 2009 – quase 5 anos. A categoria não descarta a possibilidade de deflagração de uma greve por tempo ilimitado.

O Sinpef/PE também luta pelo fortalecimento da instituição policial como um todo perante as demais carreiras típicas de Estado, tendo em vista que os mesmos devem ter sua valorização reconhecida já que atuam na linha de frente contra o crime organizado e principalmente o combate à corrupção, “objetivo priorizado pela presidente Dilma em discurso recente sem, no entanto ter havido um apoio irrestrito ao órgão Departamento de Policia Federal que ainda continua carente de recursos e com seu orçamento contingenciado, indo contra o interesse publico”, acrescentou Pires.

por Jornal de Caruaru

Festa do padroeiro atrai centenas da pessoas para a Vila do Rangel

.
.

Na última noite da festa, subiram ao palco o Trio Forró Quentão e a banda Pikap Turbinada

Riacho das Almas festa do padroeiroA festa de São Vicente de Paulo, na Vila do Rangel, teve o encerramento marcado pela animação e pela fé. Na última noite da comemoração dos 50 anos Do padroeiro, uma igreja lotada de fieis marcou presença na bonita celebração, que foi animada pelo coral Louvemos ao Senhor, de Riacho das Almas. O prefeito do município, Mário Mota, também esteve presente na missa acompanhado de outras autoridades locais.

De acordo com o pároco de Riacho das Almas, Padre José Adeildo, a festa foi marcada pela participação do povo: “A festa está muito organizada, e teve uma participação muito bonita dos moradores da Vila do Rangel e região, que veem em São Vicente um exemplo de amor a Deus e sabedoria”, ressaltou.

Após o término da celebração, às 22h, as atrações da festa de rua subiram ao palco. A primeira a se apresentar foi Forró Quentão, que animou o público presente no início da noite ao som de muito forró pé-de-serra. De acordo com a Prefeitura de Riacho das Almas, aproximadamente duas mil pessoas estiveram no evento, que contou com toda a estrutura de bares, comidas típicas, parque de diversões e brinquedos para as crianças. A segurança da festa contou com o apoio da Polícia Militar, e também com a presença de bombeiros civis e uma ambulância.

A última atração a se apresentar foi a banda Pikap Turbinada, que levantou o público ao som de muito forró estilizado. “Uma festa como essa traz toda a tradição e religiosidade do nosso povo. Nosso objetivo é apoiar a cultura e incentivar a movimentação econômica e do comércio local”, comentou o Prefeito Mário Mota.

por Jornal de Caruaru

Ariano Suassuna será homenageado pelo Galo da Madrugada, no carnaval de 2014.

.
.

Prévias na sede do Galo anteciparão folia todas as quintas até o carnaval. Tema do 37º desfile do bloco será “Frevo no Auto do Reino de Ariano”.

Ariano Suassuna

O romancista e dramaturgo pernambucano Ariano Suassuna será o homenageado do Galo da Madrugada no Carnaval 2014. O tema do 37º desfile do bloco será “Frevo no Auto do Reino de Ariano”, fazendo referência a duas das mais famosas obras do escritor, “O Auto da Compadecida” e “A Pedra do Reino”. Os primeiros detalhes do desfile preparado para o carnaval do próximo ano foram divulgados na manhã desta quarta-feira (25), na sede do bloco, no bairro de São José, área central do Recife.

O presidente do Galo, Rômulo Meneses, alegou que a homenagem a Ariano Suassuna já havia sido discutida desde as organizações do desfile no ano anterior. “É indiscutível a relevância da obra de Ariano Suassuna. O Galo da Madrugada, como uma peça de promoção da cultura nordestina, acho que a gente junta as duas forças da cultura para formar uma união mais forte ainda. Com o frevo sendo um patrimônio da humanidade, acho que nada mais justo do que emprestar a homenagem ao grande mestre. Foi uma escolha merecidíssma”, disse.

No lugar de um concurso para escolher a música-tema do Galo da Madrugada, será gravado um cd de Frevo-canção, também inspirado nas obras do dramaturgo. Serão 20 faixas cantadas por artistas pernambucanos como Dudu do Acordeon, Fernando Azevedo, Benil, Adriana BB, Edcarlos, Quinteto Violado, entre outros. “Nós, compositores, estamos nos sentindo encurralados. Teremos que falar de duas entidades universais: o Galo da Madrugada e Ariano Suassuna. Ao mesmo tempo, tenho me sentido agradecido de nos colocarem nessa imensa responsabilidade”, disse Rogério Rangel, que também vai fazer parte da criação do disco.

Jarbas Maciel, um dos fundadores do Movimento Armorial ao lado de Ariano, afirmou que Suassuna é muito mais do que apenas um teatrólogo, um poeta, escritor. “Ariano é uma figura monumental da cultura brasileira. É tão grande que eu gosto de dizer que é uma figura projetada ao futuro. Não tenho a menor dúvida de que ele vai ser o autor miais estudado nas próximas gerações pelas artes e pela comunicação”, afirmou.

O Movimento Armorial foi criado na década de 1970 como uma forma de conceber a arte com elementos culturais de teatro, música, dança, artes plásticas e cinema. “Só pra dar uma ideia a vocês de como eu coloco Ariano tão alto, basta pensar no movimento armorial. É como um poliedro de mil faces. Tudo cabe dentro do Armorial”, completou Maciel. “Se presta, cabe dentro do armorial”, brincou.

Durante o evento que divulgou os primeiros detalhes do desfile do próximo ano, o genro de Ariano, Alexandre Nóbrega, foi o responsável por representar o escritor, que está se recuperando de saúde. “Foi com muita felicidade que recebemos a notícia de ele ser homenageado, já que Ariano está tão ligado à cultura popular pernambucana. Para ele, é sempre boa uma homenagem, ainda mais em vida”, afirmou Nóbrega, que ainda mandou um recado do sogro: “Quando eu falei que estava vindo para cá [sede do Galo], ele me disse que eu o representasse bem. É uma coisa difícil, porque, ao contrário de Ariano, falo pouco e sou tímido”, riu.

Quinta no Galo

Como já virou tradição, a sede do bloco vai realizar festas com frevo, caboclinhos, passistas e blocos líricos em todas as quintas-feiras até a chegada do carnaval. A organização do desfile vai antecipar a folia a partir desta quinta-feira (26), com a primeira Quinta do Galo.

Gustavo Travassos, André Rio, Beto Hortis, Nádia Maia, Deyse Trajano e Enéas Freire devem se apresentar, além dos dançarinos da Salto Companhia de Dança, caboclinhos Tapirapé e Grupo 78, e os maracatus Estrela D’Alva e Leão Formoso. O Bloco das Ilusões vai representar o lirismo.

A iniciativa faz parte do programa “Galo – Alegria o Ano Inteiro”, do Clube de Máscaras Galo da Madrugada. Os ingressos são vendidos na própria sede do bloco, por R$ 20 (inteira) e R$ 100 (mesa para quatro pessoas). A sede do Galo da Madrugada fica localizada na Rua da Concórdia, 984.

Do G1

por Jornal de Caruaru

Análise: PSB x PT: vitória do ‘peemedebismo’

.
.

O racha na base aliada enfraquece o campo progressista e favorece conservadorismo à moda do PMDB.

PT X PSB

PT e PSB são as forças progressistas de maior peso eleitoral desde o fim da ditadura. A aliança ajudou a enfrentar o conservadorismo do Congresso e de setores da sociedade e a promover algumas mudanças sociais e econômicas a partir do governo Lula. Por isso, a decisão do PSB de deixar o governo Dilma Rousseff para lançar o governador Eduardo Campos à Presidência em 2014 é uma ruptura significativa no campo político progressista e tem um grande vitorioso à vista: o conservadorismo à moda do PMDB.

“Ficaremos cada vez mais dependentes do PMDB. E o PMDB é quem muitas vezes comanda a oposição e a resistência às mudanças”, afirma o secretário-geral do PT, deputado Paulo Teixeira. “Falando como cidadão, o rompimento é ruim para o Brasil. O PMDB fica mais forte”, diz um outro dirigente nacional petista, que prefere o anonimato.

O vínculo crescente com o PMDB é motivo de repúdio igualmente crescente no PT. A política de alianças tornou-se um tema central na eleição do próximo presidente da legenda, em novembro. Para a maioria dos seis candidatos no páreo – entre eles, Teixeira – os aliados são hoje o principal problema do PT e do governo. Unido a figuras como os senadores José Sarney (PMDB) e Renan Calheiros (PMDB), o PT desgasta a imagem, e o Palácio do Planalto não teria mais como patrocinar avanços, pois a coalizão conservadora não permitiria.

“Peemedebismo” é como o filósofo e cientista político Marcos Nobre, da Unicamp e do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (Cebrap), define essa aliança conservadora, observada também nas gestões Fernando Henrique e Lula. Ele defende o conceito no livro Imobilismo em Movimento, a ser lançado pela Companhia das Letras em 4 de outubro.

Ao analisar o Brasil desde a redemocratização até o governo Dilma, Nobre identifica um traço comum. O sistema político – e portanto os extratos da sociedade nele representados – faz de tudo para conter avanços sociais, econômicos e políticos. O símbolo da resistência seria o PMDB – embora partidos menores, como PP, PR e PTB, se comportem igual e estejam inclusos no conceito de “peemedebismo”.

O PMDB integrou todos os governos a partir de 1985, exceto o de Fernando Collor. Como é de “centro”, pode inclinar-se tanto à direita (administração FHC) quanto à esquerda (gestão Lula). “O ‘peemedebismo’ retarda a transformação do País. Qualquer mudança mais rápida e mais profunda esbarra nisso”, diz Nobre. Para ele, a candidatura de Eduardo Campos é uma “vitória histórica” do “peemedebismo”, pois reduz ainda mais a possibilidade de um governo progressista, como o atual, contornar o conservadorismo.

E se deixa o PT refém do conservadorismo “peemedebista”, a ruptura apresenta o mesmo risco ao PSB. Neste caso, pela aproximação com o conservadorismo neoliberal do PSDB. Campos planeja vencer a eleição de 2014 levando-a para o segundo turno contra Dilma e herdando os votos do candidato tucano, provavelmente o senador Aécio Neves, de Minas Gerais. Por isso, cultiva há tempos uma relação amistosa com o PSDB. Os dois partidos devem estar aliados em 21, dos 27 estados brasileiros, nas eleições para governador no ano que vem.

Entusiasta da candidatura própria, o líder do PSB na Câmara, Beto Albuquerque (RS), também lamenta o fim da antiga parceria com o PT. Mas acredita que chegou a hora de enfrentar a lógica do “peemedebismo” que tem prevalecido nas alianças do governo federal. Mesmo que para isso o PSB precise se juntar a antigos adversários. “A reação das ruas em junho foi contra esse pacto velho do PT com o PMDB. Não tenho problema em abraçar alguns tucanos, mas com Sarney e Renan não dá mais”, diz.

O casamento PT-PMDB não é obra de Dilma, foi costurado por Lula, mas o estilo da presidenta agravou o descontentamento do PSB. Mais gerencial e menos inclinada a conversas políticas, Dilma dedica pouco tempo a líderes partidários. Prefere uma relação mais simples: canalizar energia para o diálogo com o PMDB, o partido dos presidentes da Câmara e do Senado. Em uma das reuniões com parlamentares depois das manifestações de junho, Dilma disse, segundo um dos presentes, que via o PMDB como o partido que influencia os demais.

Por causa da postura de Dilma, Campos e o PSB se consideram ignorados, em que pese a afinidade ideológica. Sentiram isso até na hora de entregar os cargos federais. Um dia antes da reunião da cúpula partidária que optou pelo afastamento, o governador ligou para Dilma. Queria pedir uma reunião para comunicar a decisão a ela previamente. Dilma não retornou. Ele fez o mesmo com Lula, que respondeu em seguida. É por esse tipo de situação que o governador só admite abortar a candidatura num improvável cenário de o ex-presidente tentar voltar ao Planalto.

Escrito por André Barrocal e publicado, inicialmente, em CartaCapital

por Jornal de Caruaru

Vem crescendo, a cada dia, a presença de Laura Gomes nos eventos de Wolney e Queiroz.

.
.

Hoje ela participou de um almoço em Rita Vênus, em companhia do deputado Wolney Queiroz, na casa de Mabel (primeira à direita), grande liderança rural de Dois Riachos, Caruaru.

Wolney e Laura almoçaram em Rita Vênus na casa de Mabel (primeira à direita)

Wolney e Laura almoçaram em Rita Vênus na casa de Mabel (primeira à direita)

Durante a refeição, prestigiada por várias lideranças e pessoas da comunidade, se falou de política e dos rumos que serão seguidos em 2014.

Laura poderá fazer dobradinha com Wolney, candidato a deputado federal, e ela a estadual, para não deixar de ficar em evidência rumo ao projeto maior, que é a sua possível candidatura à prefeitura de Caruaru, apoiada pelos Queiroz.

por Jornal de Caruaru

O amor de um cão evitou que seu dono se suicidasse após separação.

.
.

Nesse mundo existem diversas histórias belas sobre cães e seus donos, afinal esses animais muitas vezes são mais amados ou mais amáveis do que muitas pessoas, criando belos casos de dedicação. Em agosto, uma foto fez a história de Schoep e seu dono se espalhar por toda a internet e emocionar muitas pessoas.

cão amor ao dono 1

John Unger há muitos anos atrás tirou um pequeno cachorro das ruas, quando ele tinha apenas oito meses de vida. Por muitos anos cachorro e dono foram cada vez mais aumentando seus laços de amizade, até o momento que John chegou ao fundo do poço, quando ele se separou de sua esposa. O homem fala que muitas vezes pensou em se matar, porém não tirou sua própria vida graças ao amor que sentia pelo cachorro.

Assim ele diz que os dois se salvaram. Mas como a vida dos cachorros é curta e já Schoep está com vinte anos, a dor da idade ataca o cachorro, que muitas vezes não consegue dormir por causa dela. Por sorte John descobriu que quando o cão fica nas águas geladas do lago, ele não sente dor e consegue dormir normalmente.

Sabendo disso seu dono sempre o leva no lago para dormir e ficar sem dores. Em uma desses dias a fotógrafa Hannah Stonehouse Hudsontirou tirou uma foto dos dois juntos. Uma bela imagem que consegue mostrar a confiança, dedicação e o amor que há entre eles.

cão amor ao dono 2

Talvez o amor entre homem e animal seja realmente o mais belo que existe!

por Jornal de Caruaru

Pirâmides financeiras – Cem dias de problemas

.
.

Quem está bloqueado quer liberar, quem está solto quer bloquear. É o resumo de cem dias após o início do cerco às empresas suspeitas de serem pirâmides financeiras.

piramide financeira telexfree

Das sete primeiras investigadas, as três paralisadas pela Justiça provocam reclamações de quem diz só ter perdido dinheiro por causa da paralisação da Telexfree, BBom e Priples. Por outro lado, das quatro não bloqueadas, três são alvo recorrente de críticas por atrasos de pagamentos ou ausência de depósitos, a NNex, Multiclick Brasil e Multilike. Só em uma das sete primeiras investigadas, a Cidiz, as queixas, quando registradas em sites como o Reclame Aqui, são relativas a produtos, não a “retorno garantido”.

O Ministério Público do Rio Grande do Norte deu início às investigações sobre as sete em junho. A primeira paralisação de uma suspeita de ser pirâmide ocorreu no dia 18 daquele mês, o congelamento da Telexfree.

Em todos os casos, a questão é a mesma: as empresas alegam usar uma estrutura de distribuição chamada de marketing multinível, uma rede de pessoas, para vender e anunciar produtos. As suspeitas de pirâmides vem, no geral, pela cobrança de alguma adesão e bônus pela indicação de novos associados.

Enquanto a parada da BBom, Telexfree e Priples provocam revolta contra a Justiça, na Multilike, Multiclick e NNex a queixa é pela falta de socorro.

Na Multilike, a adesão partia de R$ 60 para quem quisesse ganhar até 1.000% ao mês clicando em anúncios de Facebook. Mas desde julho as redes sociais e site Reclame Aqui estão cheios de queixas por atraso de pagamento. Pelo perfil da empresa no Facebook, Benhur Zanfir, diretor de Marketing da Multilike, justifica os atrasos como manutenção e mudança na platafoma de pagamentos.

A Multiclick Brasil tem pedido compreensão e confiança de quem investiu a partir de R$ 595 no negócio. O presidente da empresa, Wagner Alves,o faz questão de tratar do clima de insatisfação pela falta de pagamentos: gravou um vídeo em que diz que o problema foi “corrupção” dentro da empresa. Ele tem reiteradamente prometido que os investidores não vão sair no prejuízo e alega que os pagamentos, com o tempo, serão regularizados.

No caso da NNex – Negócios do Século XXI, é preciso ficar atento, porque os próprios investidores, além de fazerem reiteradas queixas sobre atrasos no pagamento e falta de respostas da empresa, ainda dizem que a companhia tem apagado as críticas feitas pelas redes sociais. A empresa reduziu o valor do retorno semanal e tem atrasado pagamentos.

A NNex não se justifica nas redes sociais. Em 15 de agosto, em matéria publicada no JC, o diretor de comunicação da empresa, Harry Nicolau Johann, diz que a empresa vende serviços e produtos físicos, como perfumes. Na época, ele afirmou que as queixas eram poucas, considerando a quantidade de associados, e prometeu lançar novos produtos em 30 ou 40 dias. Mas ela ainda não divulgou seu novo “Negócio do Século XXI”.

Escrito por Giovanni Sandes e publicado, inicialmente, no Jornal do Commercio.

por Jornal de Caruaru

Crônica – Marina, ônibus e professores – Por Caetano Veloso.

.
.

Educação é o tema mais importante dentre todos os que a sociedade brasileira fez questão de mostrar que a afligem e impacientam.

Caetano VelosoA greve dos professores do Rio é um assunto que deveria estar sendo acompanhado com mais atenção. Educação é o tema mais importante dentre todos os que a sociedade brasileira fez questão de mostrar que a afligem e impacientam. O modo como os professores do Rio vêm sendo tratados pela prefeitura deveria despertar protestos mais audíveis e visíveis. A classe média (e não só a classe média) saiu às ruas muitas vezes recentemente para demonstrar que não está sedada. O clamor por melhoria no tratamento dado à educação, em todos os níveis, foi ponto central dessas movimentações. Que os professores continuem se manifestando, através da greve e de idas em grupo à Câmara dos Vereadores, é sinal de que o essencial do desassossego brasileiro não está amortecido. Levar uma palavra ou um gesto de apoio ao movimento dos profissionais da educação é, neste momento, uma mostra de coerência da parte de quem se mexeu para não deixar tudo como está. Estive viajando e trabalhando muito, por isso não pude ver melhor tudo o que se passa nesse drama. Mas não quero deixar de fazer aqui um aceno em direção os professores grevistas.

Em que pé ficou a CPI dos ônibus? Outro assunto que não se podia deixar morrer. Estive em Montevidéu e Buenos Aires, numa viagem que durou uma semana, com show ao ar livre na primeira das duas cidades, sob uma temperatura que tinha descido, com as chuvas de uma frente fria, de 30 para 8 graus. Os shows foram ótimos, as plateias do Rio da Prata sendo as melhores que se podem imaginar. Mas tudo isso me deixou sem tempo para acompanhar os desdobramentos desses episódios. E com um resfriado renitente que me impede de me mover um pouco mais. Meu amigo Arnaldo Brandão, o grande baixista, cantor e compositor, tinha me trazido um recado de Bia Provasi me convidando para cantar na Cinelândia, em frente à Câmara Municipal, como parte da ocupação do local por manifestantes que exigem limpeza no trato do tema transporte urbano. É assunto incontornável. Mas eu não pude comparecer. A boa viagem ao Cone Sul me tomou toda a energia de que dispunha. Mas sigo interessado em sentir os resultados da chacoalhada que o Brasil deu.

Acima de tudo, me pergunto o que acontecerá com o partido que Marina Silva se esforça para criar. (Enquanto escrevo, chega-me aqui o e-mail de um amigo professor que diz: “Os profissionais da educação tomaram a Câmara dos Vereadores”.) Será impossível para o grupo no poder (o PT de Dilma) evitar a desconfiança provocada pelas complicações legais criadas por cartórios na avaliação das assinaturas para a fundação do partido Rede Sustentabilidade. Muita gente que foi às ruas — e muita gente que não foi mas se sentiu inspirada pelos que foram — declara intenção de voto em Marina. Eu também. Por que tantos partidos são criados e justamente o da mais forte candidata em oposição à reeleição de Dilma se vê embargado? (Acabo de ler que o Ibope mostra larga vantagem de Dilma sobre Marina nas pesquisas. Será que assim os critérios de avaliação das assinaturas se tornarão menos esquisitos?) Li o artigo de Bechara sobre a estranheza das dificuldades apresentadas pelos cartórios à fundação da Rede. Mas o sentido mais profundo de tudo isso aparece com clareza total em outro artigo: o de Demétrio Magnoli. É que ali se discutem os próprios princípios que regem a criação de partidos. Em suma, a elite política fica com o poder de admitir partidos inócuos que possam servir de coadjuvantes de seus interesses, mas uma real liberdade política referente à fundação de agremiações partidárias, nem pensar.

Sou cantor de rádio. Meus modelos são Ângela Maria, Cauby, Nora Ney, Jorge Goulart, Dolores Duran, Maysa. Sou autor de canções. Meus mestres são Ary Barroso, Dorival Caymmi, Assis Valente, Tom Jobim, Carlos Lyra, Dolores Duran, Maysa. Nora Ney e Jorge Goulart eram comunistas. Em Santo Amaro víamos isso como uma prova da superioridade moral e intelectual deles. Dolores foi à URSS com o casal e não gostou do que viu. Jorge defendeu os comunistas das críticas de Dolores. Depois vi gente de teatro e cinema com a exigência de exibir consciência social.

Pessoas sérias devem ler o que digo sobre política com um pé atrás. Não errei com a camisa preta. Errei sobre a autoria do filme em que aparece a máscara de Guy Fawkes. (Meu amigo acaba de me enviar link para Ninja sobre profissionais de educação da Câmara.) Quero escrever sobre Maria Rita cantando “Caminho das águas”. E ia escrever hoje menos samba-do-crioulo-doido. Mas não deu. Sigo vendo na Ninja os profissionais da educação em frente à Câmara. Me pareceu ver Rafael com um cocar de índio.

por Jornal de Caruaru